VIA RÁPIDA EXPRESSO TEM 90 NOVAS TURMAS

Programa de Qualificação Profissional de presos em regime semiaberto está com 2250 reeducandos



O Via Rápida Expresso é uma ação do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura (FAPETEC), que tem como principal proposta ressocializar os reeducandos do regime semiaberto do sistema prisional, oferecendo oportunidades de ensino e aprendizado.


No projeto, os alunos aprendem as técnicas de preparação e pintura em construção civil, aplicando seu aprendizado na revitalização de espaços públicos (escolas, unidades prisionais, locais de atendimento à saúde, social, hospitais, entre outros).


Em novembro de 2019, o programa inicia um novo lote, com 90 turmas, 2250 reeducandos, 67 Instrutores técnicos e 90 peças públicas. A atuação será em 33 municípios, com cerca de 270.000 m2 de paredes revitalizadas.


A Educação como chave da ressocialização


O Via Rápida Expresso traz inúmeras vantagens tanto para o aluno quanto para a sociedade, pois trata-se de um programa de governo em consonância com a Lei de Execução Penal, que possui como um dos principais objetivos a promoção da ressocialização dos reeducandos e a consequente reinserção destes ao convívio social.


O Via Rápida Expresso dialoga com as novas roupagens do mercado de trabalho, valorizando as competências dos indivíduos como forma de obtenção de recursos financeiros para a sobrevivência na sociedade atual. Os reeducandos são capacitados para gerar renda com uma habilidade muito valorizada e com grande demanda, que é a profissão de pintor de edificações. Com isso, conseguem se reintegrar à sociedade, obtendo independência financeira e se afastam da marginalidade.