MAIS DE 500 ESCOLAS FORAM REVITALIZADAS COM O VIA RÁPIDA EXPRESSO

MAIS DE 500 ESCOLAS FORAM REVITALIZADAS COM O VIA RÁPIDA EXPRESSO



O Via Rápida Expresso é uma ação do Governo do Estado de São Paulo, em parceria com a Fundação de Apoio à Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura (FAPETEC), que tem como principal proposta ressocializar os reeducandos do regime semiaberto do sistema prisional, oferecendo oportunidades de ensino e aprendizado.


Por meio de aulas teóricas e práticas, com capacitação em pintura de alvenaria, os participantes são certificados e têm direito à remissão de pena, assim como a oportunidade de reinclusão social e no mercado de trabalho.


No projeto, os alunos aprendem as técnicas de preparação e pintura em construção civil, aplicando seu aprendizado na revitalização de espaços públicos (escolas, unidades prisionais, locais de atendimento à saúde, social, hospitais, entre outros).


Dessa maneira, o Via Rápida Expresso traz inúmeras vantagens tanto para o aluno quanto para a sociedade, pois trata-se de um programa de governo em consonância com a Lei de Execução Penal, que possui como um dos principais objetivos a promoção da ressocialização dos reeducandos e a consequente reinserção destes ao convívio social.


Lançado em 2016, o projeto já formou até setembro deste ano (2019) mais de 40 mil indivíduos, contando com 7610 concluintes deste ano. Ao todo, cerca de 1.300 espaços foram revitalizados, incluindo 481 escolas estaduais e 91 escolas municipais. Só no ano de 2019, 500 locais passaram por revitalização, incluindo 274 escolas públicas (estaduais e municipais). Considerando todos os espaços pintados observamos a marca de 2.180.000 m2 de paredes.


Compartilhando valores com a FAPETEC


Para o coordenador técnico da FAPETEC no projeto Via Rápida Expresso, José Carlos de Araújo, “o programa converge com a missão da FAPETEC quando implementa programas de curta duração para reeducandos em regime semiaberto, que ao saírem em liberdade possam através dos cursos de Pintor de Obras ter uma melhor oportunidade de ingressar no mercado de trabalho e acelerar a ressocialização na sociedade”.


A mesma visão é compartilhada por Nilton Rodrigues, Gestor de Projetos da FAPETEC, que afirma: “a FAPETEC, por meio do seu estatuto prioriza ações nas áreas de ensino, educação e tecnologia, com visão social em políticas públicas e em cooperação e parceria com órgãos governamentais”.


Segundo Claerte Martins, Psicóloga, e Solange Santos, coordenadora pedagógica da FAPETEC, o Via Rápida Expresso dialoga com as novas roupagens do mercado de trabalho, valorizando as competências dos indivíduos como forma de obtenção de recursos financeiros para a sobrevivência na sociedade atual. Nesse contexto, “os reeducandos são capacitados para gerar renda com uma habilidade muito valorizada e com grande demanda, que é a profissão de pintor de edificações. Com isso, conseguem se reintegrar à sociedade, obtendo independência financeira e se afastam da marginalidade”, diz Claerte.


O coordenador operacional da FAPETEC, Robério Fortunato da Rocha, afirma que as ações do Via Rápida são responsáveis por ajudar o reeducando a se reestabelecer na sociedade, visto que o convívio social é conquistado por meio do trabalho e da educação. Nesse sentido, “o Via Rápida Expresso proporciona a qualificação profissional do preso, para que este possa encontrar facilmente um meio de prover seu sustento e o de sua família por meio do trabalho lícito. Educar, qualificar é o objetivo principal do Programa e a sociedade ganha com isso além da recuperação do prédio público que é revitalizado com a pintura economizando dinheiro público”, afirma.


Para saber mais sobre o Via Rápida Expresso, acesse: http://www.viarapida.sp.gov.br

Inscreva-se e fique informado sobre as tudo o que acontece por aqui...

© Fapetec 2020 – Fundação de Apoio a Pesquisa, Ensino, Tecnologia e Cultura | Todos os Direitos Reservados